Mulheres que Inspiram: 8 empreendedoras que você precisa conhecer

//Mulheres que Inspiram: 8 empreendedoras que você precisa conhecer

Mulheres que Inspiram: 8 empreendedoras que você precisa conhecer

No dia 8 de Março celebramos o Dia Internacional da Mulher. Há muitos anos as mulheres vêm lutando para garantir uma posição mais igualitária na sociedade. Essa data comemora as grandes conquistas femininas ao longo dos séculos. 

Segundo o site da revista Exame, as mulheres já são a maioria ao fundar empreendimentos brasileiros, de acordo com o estudo Global Entrepreneurship Monitor

Selecionamos para você algumas mulheres que transformaram o mundo através do empreendedorismo para você se inspirar. Confira!

 

  • Luiza Helena Trajano – Magazine Luiza

Esse é um dos maiores exemplos de empreendedorismo de empresas lideradas por mulheres no Brasil. O Magazine Luiza é uma das 5 maiores redes varejistas brasileiras, com faturamento na casa dos R$ 14 bilhões em 2017. Luiza Trajano é a atual presidente do conselho administrativo da empresa e antiga presidente dela. A grande rede iniciou-se pelos tio de Luiza como uma pequena loja localizada no interior de São Paulo. Mas com Luiza Helena assumindo a liderança da empresa na década de 1990, o negócio de família transformou-se e se expandiu por quase todo o país. Luiza também é reconhecida como um grande incentivo para mulheres empreendedoras, sendo uma defensora convicta de que as mulheres merecem posições de destaque no empreendedorismo.

 

  • Zica Assis – Beleza Natural

Heloísa Helena Assis, conhecida como Zica, trabalhou como empregada doméstica e babá. Junto com Leila Velez, ex taxista, a empresária começou a misturar e testar produtos que mais geravam resultados em cabelos crespos e ondulados. A partir disso, em 1993, nasceu o Beleza Natural, o primeiro instituto voltado exclusivamente para cabelos crespos e cacheados. Atualmente, já são mais de 40 unidades do Instituto em todo o Brasil e Zica foi reconhecida como uma das 10 empresárias mais poderosas do país, de acordo com a Forbes.

 

  • Camila Farani – Investidora

Camila Farani é um dos “tubarões” do Shark Tank Brasil. A única mulher bicampeã premiada como Melhor Investidora-Anjo no Startup Awards 2016 e 2018, ela é sócia-fundadora da G2 Capital, uma butique de investimentos em empresas de tecnologia, as startups. Camila também é uma grande apoiadora do movimento empreendedor feminino e já ofereceu mentoria a mais de 500 mulheres no mundo inteiro.

 

  • Cristina Junqueira – Nubank

Cristina é Co-fundadora de um dos serviços que mais vêm ganhando força no país: o Nubank, cartão de crédito sem banco. A empresa brasileira está avaliada em quatro bilhões de dólares e com cinco milhões de usuários. Hoje, ela é vice-presidente de marca e desenvolvimento de negócios na startup. Cristina Junqueira venceu o Prêmio Cláudia 2016 na categoria negócios e, na ocasião, falou às mulheres: “Obrigada a todas! A gente tem que se ajudar, o mundo já é difícil demais. Precisamos trocar as críticas por elogios”.

 

  • Oprah Winfrey

A atriz, apresentadora e empresária norte-americana revolucionou, durante a década de 1980, a forma de se fazer TV. Em 1983, Oprah se mudou para Chicago para liderar o talk show matinal AM Chicago, que teve seu primeiro episódio exibido no dia 2 de janeiro de 1984. Dentro de poucos meses, o programa de Oprah se tornou o mais visto da região de Chicago. Oprah conseguiu mostrar o valor e a importância das mulheres em rede nacional no maior país do mundo. O programa ficou 25 anos no ar e teve a sua última exibição em maio de 2011. Ao longo desse tempo, ela tratou de temas sociais, espirituais e filantrópicos. Oprah foi considerada a primeira mulher negra a alcançar um patrimônio de mais de US$ 1 bilhão (em 2019, esse valor era estimado em US$ 2,5 bilhões).

 

  • Chieko Aoki – Blue Tree Hotels

Atuando na área de hotelaria desde a década de 1980, ela ocupava, inicialmente, a função de diretora de marketing de uma rede de hotéis de luxo. Já em 1997, ela resolveu montar o próprio empreendimento utilizando todo o conhecimento que acumulou ao longo de sua carreira fundando a rede Blue Tree Hotels, que já conta com mais de 20 unidades espalhadas por diversos estados brasileiros. A rede segue a linha de hotelaria de luxo e resorts e é uma verdadeira referência na área. Hoje, Chieko Aoki é apontada como uma das empresárias brasileiras mais poderosas, chegando a ocupar o segundo lugar do ranking da forbes em 2013.

 

  •  Mônica Burgos

Mônica começou com a revenda de aromatizantes de ambientes de porta em porta e conquistou 600 clientes diretos em apenas seis meses. Com a grande procura e o apoio de um sócio, ela decidiu iniciar a fabricação própria e desenvolver fragrâncias exclusivas para outras empresas. Precisou também expandir o número de revendedores. Criada em 2002, hoje a Avatim emprega mais de 200 funcionários diretos, possui mais de 90 lojas próprias e franquias em 20 estados brasileiros, além de 1.000 revendedores ativos.

 

  • Kylie Jenner

Kylie tem apenas 21 anos, mas já é a mais jovem empreendedora bilionária do mundo. Isso porque, em 2015, ela lançou uma linha de cosméticos chamada Kylie Cosmetics e, desde então, acumulou um patrimônio estimado em 900 milhões de dólares, sucesso que ela atribui ao empreendedorismo digital. De acordo com a Forbes, que incluiu a jovem na edição mais recente do seu ranking anual de bilionários, a empresa, que tem Kylie como única dona, terminou 2018 com receitas de, aproximadamente, 360 milhões de dólares.

Comentários

comentários

2020-03-05T11:15:10-03:00 8 de Março de 2020|Dicas da Base|0 Comentários

Deixe um Comentário