Declarações anuais das administradoras de condomínios e locações de imóveis

/, Mercado Imobiliário/Declarações anuais das administradoras de condomínios e locações de imóveis

Declarações anuais das administradoras de condomínios e locações de imóveis

As declarações anuais das administradoras e imobiliárias são muito importantes e, por isso, devem ser feitas com bastante calma e dedicação. Elas fornecem, basicamente, informações sobre a movimentação financeira (créditos e débitos) do cliente, durante o período de um ano. Confira mais sobre o assunto, a seguir!

Podendo ser divididas em dois níveis diferentes, as declarações precisam de muita atenção. Podem ser direcionadas aos clientes, feitas em forma de relatórios anuais (enviados aos clientes ou disponibilizados online, no site da administradora), ou à Receita Federal, na forma de troca de arquivos.

Esses arquivos que precisam ser enviados à RF (Receita Federal) são feitos através de layouts pré-estabelecidos por ela, dependendo do tipo de declaração. Todos os layouts e programas necessários à declaração podem ser adquiridos no site da RF: receita.fazenda.gov.br.

Como as regras podem mudar, é importante consultar anualmente as especificações daquela declaração. Também é essencial manter atualizados os dados cadastrais na base de dados, evitando transtornos no momento da declaração, principalmente quando são solicitados, por exemplo, CPF/CNPJ dos clientes.

É importante, também, ficar atento aos prazos, evitando o esquecimento de alguma informação no caso de a declaração ser feita em cima da hora. O volume das informações é diretamente proporcional ao tamanho da carteira administrada, portanto, devem-se observar os prazos tanto dos clientes, como da RF.

Fazer esses procedimentos com calma, tempo, longe do prazo final, ajuda a detectar possíveis ajustes que precisam ser feitos, à tempo de corrigi-los de forma tranquila. Portanto, é necessário observar os prazos, fazer tudo com bastante antecedência e, assim, evitar o pagamento de multas.

Caso você não tenha todas as informações para a declaração da RF, é melhor fazer uma declaração errada (retificando-a posteriormente) do que não fazer ou perder o prazo. Mesmo que os dados não estejam totalmente corretos, poderão ser corrigidos depois do prazo vencido.

O Informe de Rendimentos é um relatório fornecido ao locador (que o utilizará na Declaração Anual do Imposto de Renda) com informações mensais sobre os créditos de aluguéis, débitos de taxas de administração, IRRF, entre outras. Ele deve ser feito por imóvel e inquilino, com o CPF/CNPJ das partes envolvidas.

De acordo com o Ato Declaratório Interpretativo no 2 da SRF, os rendimentos referentes a partes comuns do condomínio (aluguel de fachada, antena etc.) são rendimentos dos condôminos, dentro da fração ideal de cada unidade. Esse relatório será utilizado pelo condômino na sua Declaração de IR.

O DIMOB contem informações, de forma sintética, referentes aos totais de Rendimento Bruto (aluguel e outras receitas), Valor de Comissão (taxa de administração e outras tarifas) e Imposto Retido (IRRF). Essas informações deverão ser geradas através do layout específico da RF, com mencionado.

Por sua vez, o Comprovante Anual de Retenção de Impostos é um relatório direcionado às empresas fornecedoras, com informações referentes aos impostos retidos (PIS, CONFIS, CSLL etc.) sobre os pagamentos dos serviços prestados aos condomínios.

Já a DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte), que também precisa ser gerada segundo layout específico da RF, contém informações de forma sintética referente aos impostos retidos, além dos rendimentos pertinentes aos condôminos (Ato Declaratório).

Esperamos que, com as informações que trouxemos na matéria de hoje, tenha ficado mais fácil entender e realizar as declarações anuais dentro das imobiliárias e administradoras de imóveis. Qualquer dúvida, nem pense duas vezes, e fique à vontade para nos perguntar!

 

 

Comentários

comentários

2018-01-12T12:04:03+00:00 12 de Janeiro de 2018|Dicas da Base, Mercado Imobiliário|0 Comentários

Deixe um Comentário